Menu Fechar

A Tradição Musical … (1)      A Tradição Musical … (2)      A Tradição Musical … (3)      A Tradição Musical … (4)      A Tradição Musical … (5)      A Tradição Musical … (6)      A Tradição Musical … (7)      A Tradição Musical … (8)

 

A Tradição Musical … (8) – extraída de “Adágio”, nº17 – Fevereiro de 1983

Um lapso arreliador, no último número, apresentava Carlos Rodrigues – o nosso Tesoureiro – como neto de Joaquim Maria da Silva, quando de facto,é bisneto de João Maria da Silva, mas por parte de sua avó materna, D.Palmira das Neves Batista da Silva.

Na última Assembleia Geral, aos três bisnetos de João Maria da Silva, que já faziam parte da Direcção da nossa sociedade – vice-presidente, primeiro secretário e tesoureiro – vieram juntar-se mais dois netos – António Maria da Silva e Domingos Nunes da Silva – estabelecendo-se,assim,um recorde dificil de igualar com cinco descendentes do mesmo fundador na direcção de uma colectividade.

António Maria da Silva e Domingos Nunes da Silva são filhos de Joaquim Maria da Silva,que o Sr.Arnaldo Alcobia,vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral, evocou no nº 14 do Adágio.

Os dois irmãos já fizeram parte de anteriores elencos directivos e o António também tocou na banda,durante 25 anos. Começou a tocar o velho trombone de seu avô, quando este se retirou da actividade musical, e mais tarde,passou a tocar barítono.

Esta forte componente familiar que existe na nossa sociedade – e de que este é o caso mais notável – tem contribuido para conservar práticamente intactos os ideais que nortearam os seus fundadores e é uma das razões por que a nossa banda tem conseguido superar todas as dificuldades ao longo de quase um século de existência.


Na foto – João Maria da Silva, ladeado pelos filhos.
À sua direita o João António e à esquerda o Joaquim Maria. Ao lado, sem farda, outro filho, o António, que também foi um elemento muito dedicado e activo da nossa colectividade, mas que não fez parte da banda. Aos pés do grupo, um dos netos do João Gato, o António Maria da Silva, que, alguns anos depois,viria a tomar o lugar do avô na banda.
A foto foi tirada na Figueira da Foz em Setembro de 1937.

Helder Rodrigues