Menu Fechar

1 Dezembro 2018

14h30 – Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)
15h00 – Início do Desfile
16h30 – Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.900 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.
17h00 – Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 7ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:
• Tocándar (Marinha Grande)
• Grupo de Bombos de Atei (Mondim de Basto)

BANDA NACIONAL:
• Banda de Música da Força Aérea

BANDAS FILARMÓNICAS:
• La Filarmónica de Olivenza (Olivença)
• Banda Velha União Sanjoanense (Albergaria-a-Velha – São João de Loure)
• Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense “Os Amarelos” (Moura)
• Associação Filarmónica Vilarinhense de Vilarinho de Castanheira (Carrazeda de Ansiães)
• Banda Filarmónica de Felgar (Torre de Moncorvo)
• Associação Filarmónica Retaxense (Castelo Branco)
• Sociedade Filarmónica de Tinalhas (Castelo Branco)
• Sociedade Filarmónica Oleirense (Oleiros)
• Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical) – com o Grupo de Cantares de Pedrógão de São Pedro (Adufes) (Penamacor)
• Associação Filarmónica Progresso Pátria Nova de Coja (Arganil – Coja)
• Associação Filarmónica de Arganil (Arganil)
• Banda de Ançã | Phylarmónica Ançanense (Cantanhede)
• Associação Filarmónica Liberalitas Julia (Évora)
• Banda da Sociedade Filarmónica Corvalense (Reguengos de Monsaraz)
• Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva (Loulé)
• Sociedade Filarmónica Bendadense (Sabugal – Bendada)
• Banda Academia de Santa Cecília (de São Romão) (Seia)
• Sociedade Filarmónica Turquelense (Alcobaça)
• Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília (Alavaiázere)
• Centro Cultural Azambujense (Azambuja)
• Banda 14 de Janeiro de Elvas (Elvas)
• Associação Musical da Várzea (Amarante – Várzea)
• Sociedade Musical 1.º de Agosto – Banda de Música de Coimbrões (Gaia – Coimbrões)
• Sociedade Filarmónica de Crestuma (Gaia – Crestuma)
• Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres (Ourém – Fátima)
• Sociedade Velha Filarmónica Riachense (Torres Novas – Riachos)
• Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba (Alcácer do Sal)
• Banda Musical do Concelho de Sabrosa (Sabrosa)
• Sociedade Musical 2 de Fevereiro – Banda de Santar (Nelas – Santar)
• Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias (Santa Comba Dão)
• Filarmónica Recreio de Santa Bárbara (Terceira – Angra do Heroísmo)
• SFUCO – Sociedade Filarmónica União e Capricho Olivalense (Lisboa)

Será um total de 35 entidades, integrando 2 grupos de percussão, 1 banda nacional militar e 32 bandas filarmónicas civis.

Cerca de 1900 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país, irão descer a Avenida da Liberdade para celebrar Portugal, a Independência nacional e a Restauração, através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores, para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes, sob a direcção do Maestro Capitão António Rosado, da Banda de Música da Força Aérea.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas.

7 Dezembro 2018