Menu Fechar

A Tradição Musical … (1)      A Tradição Musical … (2)      A Tradição Musical … (3)      A Tradição Musical … (4)      A Tradição Musical … (5)      A Tradição Musical … (6)      A Tradição Musical … (7)      A Tradição Musical … (8)

 

A Tradição Musical … (5) – extraída de “Adágio”, nº14 – Novembro de 1982

Entretanto, a S.F.U.C.O. ia sofrendo (e vencendo) as suas crises.

A certa altura, o mestre Alfredo Carvalho Garcia, que sucedera a João Pedro Vieira, resolveu abandonar a direcção da banda e foi substituido por Augusto César Carneiro, de quem o Sr. Joaquim Alves contava: “Era um músico militar com muita vontade de fazer figura e talvez com muitas ilusões… Ainda se conservou por cá doze anos, mas chegou a sobrecarregar a banda com um reportório que, nesse tempo, não tinha gente à altura de o executar.

Talvez haja ainda por ai quem diga que, nesse tempo, se tocou melhor reportório… Tocou-se muito, é verdade, mas mal. Como em certos naipes não havia gente suficiente e capaz para executar determinada peça, ele distribuia os papéis pelos elementos mais seguros de outros naipes, o que era um verdadeiro disparate!…

Então, uma vez, contava o Sr. Alves, chegou a zangar-se comigo porque trouxe para cá a Abertura da Ópera de Guilherme Tell, uma peça muito dificil, com muito trabalho para os clarinetes (que, nas bandas,tocam a parte correspondente aos violinos nas orquestras) e como não tinha clarinetes capazes de tocar a peça distribuiu as partes dos clarinetes por mim, que tocava trompete ) e por outros,como o primeiro baritono!… E, então, eu disse-lhe: “Oh! Sr. Augusto isto não pode ser, homem! É uma estafadeira para mim e isto não resulta!

Zangou-se, recolheu os papeis todos e nunca mais apareceu com eles. Mas, não há mal que sempre dure…

Já velho e cansado, o Sr. Augusto César Carneiro, acabou por se ir embora e foi substituido por outro músico militar. Desta vez,era subchefe da banda da Marinha, Manuel dos Anjos André. Ainda estava ao servigo nessa altura, contava o Sr. Alves, e toda a gente o conhecia por André. Esse homem trouxe um reportório mais de harmonia com as possibilidades da banda e … fez-se alguma figura com ele.

Também conseguiu por às estantes elementos novos. E, alguns deles, até muito bons. Isto é, conseguiu preparar músicos dando-lhes uma certa preparação.

Helder Rodrigues